Notícias de Arujá

Expo Aflord volta neste fim de semana em Arujá

A feira da Associação dos Floricultores da Região da Via Dutra está de volta. A Aflord deste ano deve ser mais modesta do que edições anteriores, mas já é um sinal de alívio e de esperança para os produtores. A exposição será realizada nos dois próximos finais de semana, 25 e 26 de setembro e 2 e 3 de outubro, das 8h30 às 18h, na Estrada do PL, 45 km, em Arujá, os ingressos custam R$ 30. Para o produtor de mudas em Arujá há mais de 30 anos, Edson Tamada, o maior impacto no faturamento chegou junto com a pandemia. Depois, com as pessoas passando mais tempo em casa, a procura por plantas aumentou e o setor saiu do vermelho. Para celebrar o retorno da Aflord, ele até trouxe uma novidade para atrair os clientes: uma muda importada da Holanda, o Filodendro.

“Ela é uma planta bem simples de cuidar, ela fica em um lugar quente e úmido. Dentro de casa, em um local sombreado, ela se comporta bem”, conta. Além dessa espécie, ele também vai expor e vender na Expo Aflord as mudas de Chuva de Ouro e do Lírio da Paz. Em uma estufa, grande parte dos vasinhos estão prontos para serem comercializados.

“A ideia era não fazer a exposição, mas pela situação da Aflord, se a gente não fizesse alguma coisa, ela não iria aguentar. Então nós decidimos de última hora fazer essa inauguração de um parque da Aflord, para ver se a gente consegue arrecadar para conseguir sobreviver e, futuramente, continuar fazendo as exposições”, diz.

 

Na sede da Aflord, o pessoal começou a semana arrumando cada detalhe para a exposição. Foram feitas algumas mudanças para seguir os protocolos de controle sanitário do governo do estado. No espaço onde aconteciam os shows da cultura oriental e outras apresentações musicais foi adaptado. Este ano vai ser uma ampliação da praça de alimentação, para que as pessoas possam apreciar a culinária de forma mais tranquila.

“O pavilhão de exposição de flores nós colocamos uma área mais ventilada para que o pessoal possa circular com mais tranquilidade. Na área de vendas também, para que o pessoal tenha um lugar seguro, e isso é muito importante”, destaco o presidente da Aflord, Julio Taikan.

Ele diz ainda não ter uma estimativa de público, já que muita coisa mudou devido com a pandemia, mas eles esperam que o público compareça no evento.

“A gente agradece aí que foi liberadas essas questões. A gente espera que no ano que vem possa voltar à normalidade, com toda a plenitude possível para que a gente possa realizar a nossa tradicional Expo Aflord”, destaca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *